Gestão de Benefícios | Principais erros cometidos pelas organizações

por | 18/01/2019

Contratar empresas de benefícios é sinônimo de qualidade de vida e bem-estar aos colaboradores, isso porque o vale alimentação, vale refeição e vale transporte tem como principal objetivo facilitar a vida dos funcionários e ainda agregar valor à organização.

Entretanto, nota-se que muitos empresários tornam a gestão de benefícios complicada, por conta dos problemas referentes à falta de planejamento do produto ou até mesmo a má distribuição dos benefícios empresariais oferecidos.

Seja em grandes, pequenas ou microempresas, realizar a gestão de benefícios é algo que exige muita atenção e planejamento para evitar erros que podem prejudicar a empresa de várias formas, deixando os colaboradores desmotivados, o que consequentemente influencia na produtividade e na rotatividade.

Todos esses fatores podem afetar diretamente a qualidade e entrega dos produtos da organização e ainda implicar em grandes descontroles financeiros. Por isso, a importância de realizar uma boa administração dos benefícios.

Principais erros cometidos na gestão de benefícios

Falta de estratégia

Para a gestão de benefícios é preciso pensar em uma estratégia a longo prazo, isso porque muitos empreendedores acabam aplicando benefícios empresariais de acordo com o modelo atual da empresa. Por isso, o ideal é contratar empresas de benefícios que ofereçam um plano que escale junto com sua companhia.

Não estabelecer regras na política de benefícios

Uma boa gestão de benefícios precisa combater as faltas e ausências injustificadas dos funcionários e ainda reduzir a rotatividade na organização. Uma das maneiras de fazer isso é estabelecer uma boa política de benefícios empresariais, permitindo que sua empresa se destaque no mercado.

É possível notar que a falta de regras torna os colaboradores confusos e pode criar uma sensação de injustiça quando alguém recebe um benefício a mais.A melhor forma de resolver esse tipo de problema é montar regras que devem ser apresentadas como um manual a todos os colaboradores para que fique claro quais os benefícios que a empresa oferece, quem pode usar cada um deles e quais são suas limitações.

Falta de atenção ao que é legalmente exigido

Por existir uma série de benefícios empresariais acompanhados de várias questões legais, os empreendedores devem se atentar ao que é legalmente exigido para não correr o risco de serem processados ou multados.  Uma boa alternativa para evitar problemas com questões legais é recorrer a empresas de benefícios que poderão oferecer a consultoria necessária sobre dúvidas relacionadas à legislação que deve ser cumprida.

Não identificar os perfis de sua equipe

Outro erro muito comum que empresários cometem na gestão de benefícios é não possuir um plano estruturado de acordo com a necessidade de seus funcionários. Algo que pode resultar no fornecimento de benefícios empresariais inadequados, que não serão capazes de contribuir para o alcance de seus objetivos pessoais ou profissionais.

Para não cometer erros na gestão de benefícios, o importante é levar em consideração os diferentes perfis de sua equipe, pois dessa forma será possível fornecer opções que melhor se encaixam às necessidades e que sejam compatíveis com a cultura organizacional da empresa.

Falta de comunicação com empresas de benefícios

A falta de comunicação com as empresas de benefícios também é algo que pode resultar em má administração. Isso porque os empresários muitas vezes não buscam todas as informações necessárias para fornecer os benefícios empresariais aos seus colaboradores, o que pode gerar confusões futuras.

× Como podemos te ajudar?