Vale-Alimentação | Saiba o que diz a CLT sobre esse benefício

por | 26/02/2019

A CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) estabelece uma série de regras e benefícios aos trabalhadores, nas quais algumas dessas vantagens podem ser opcionais, sendo uma delas o vale-alimentação, e cabe um acordo entre a empresa e o colaborador.

Embora existam alguns benefícios que são garantidos pela CTL, o cartão alimentação não é obrigatório, sendo uma opção para a empresa oferecer esse tipo de benefício aos seus trabalhadores.

Diferentemente de outros benefícios como o vale-transporte, o vale-alimentação não é uma obrigação da empresa. De acordo com artigo 458 da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT), o salário entregue ao trabalhador compreende, dentre outros, a alimentação, a habitação ou o vestuário. Dessa forma, a concessão desse tipo de vantagem é uma opção da companhia.

Portanto, o vale-alimentação é algo que deve ser negociado entre o empregador e o funcionário para chegar em um acordo, de maneira que favoreça ambos. O vale-alimentação não é considerado salário e pode deixar de ser fornecido a qualquer momento.  Vale destacar que, ao optar em oferecer o cartão alimentação, o PAT (Programa de Alimentação do Trabalhador) proporciona vantagens tanto para o colaborador como para o empregador.

Vantagens de conceder o cartão alimentação

Empresas que optam em fornecer o cartão vale-alimentação acabam se destacando, pelo fato de esse tipo de benefício contribuir para a melhor qualidade de vida dos funcionários, o que ajuda na retenção de talentos e maior produtividade no trabalho. Afinal, ao oferecer o cartão alimentação aos colabores, eles se sentirão mais motivados, o que tende a diminuir a taxa de rotatividade e, consequentemente, representando uma economia com processos de seleção e treinamentos.

Além disso, funcionários satisfeitos geram resultados melhores e contribuem para um ambiente corporativo melhor, considerando a preocupação que a empresa tem com seus trabalhadores, melhorando relações trabalhistas. Embora a maioria dos empresários saiba a importância do vale-alimentação, muitos deixam de oferecer o benefício aos funcionários por falta de experiência ou tempo para se dedicar a administração do cartão benefício.

Porém, é possível contar com uma empresa de vale-alimentação para prestar esse serviço, garantindo mais segurança, economia e comodidade ao empregador.

Isso porque a empresa de benefícios conta com um sistema bem-estruturado, impedindo que erros aconteçam na administração do benefício, por oferecer uma equipe especializada e preparada para lidar com todos os tipos de situação que podem surgir quando se opta em conceder o vale-alimentação.

Além da comodidade que o empregador adquire ao contratar uma empresa de benefícios, pois não precisa se preocupar em reestruturar o RH para resolver assuntos relacionados ao cartão alimentação.

× Como podemos te ajudar?